Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

FlowMind – o profundo da minha mente inquieta que não se aquieta: sobre a responsabilidade de assumir o poder de tomar decisões.

FlowMind by Natalia Martins

Sobre a responsabilidade de assumir o poder de tomar decisões (e isso não é fácil) e depois disso, voltar para buscar a criança que foi esquecida, padronizada e jogada na manada.

Consciência do: por que estou vivendo essa vida? Sendo que nunca quis… na verdade, pode ser que ela nunca tenha tomado decisões sozinha, sem interferência ou influência de alguém. Logo, ela não criou a realidade dela puramente por ela e sim, sob ótica de outro.

Por isso existe o vitimismo… e as pessoas não entendem de onde vem, pois elas não têm consciência ainda. Como você está nesse momento e com o que você está nesse momento. No fundo, tudo, tudo, tudo é ou foi escolha nossa, consciente ou inconsciente.

O que acontece é que por muito tempo, e muitas decisões nossas, são influenciadas por outras pessoas, principalmente se dependemos dessas pessoas de alguma forma: dependência psicológica, financeira, emocional…. Inclusive decisões que tivemos na infância e adolescência, ou antes de sair da casa dos “pais”, todas essas nossas decisões foram influenciadas, concorda?

Então, o resultado dessa vida com as decisões influenciadas gerada por dominância de terceiros, sempre vai gerar vitimismo.

Porque você sabe que a vida que você está vivendo hoje não é consequência de uma decisão que você pôde tomar livremente sem ser influenciada por ninguém… então, você não entende, e muitas vezes nem tem consciência que está se vitimizando.

Quando a gente tem alguém que decide por nós, a gente não exerce o poder de analisar as consequências de uma decisão…  porque sempre tivemos alguém que fizesse isso por nós, mas percebe que essa análise e decisão é sob a percepção DELE, (terceiro), e não pela sua?

Por isso, de novo, talvez você não entenda a sua situação atual, as condições que está vivendo. Vale refletir sobre isso e começar um caminho para conquistar o que é seu por direito, seu poder de decidir sobre si… e sua VOZ.

Conquistar o poder de decisão, pode ser uma benção ou um pesadelo.

Pessoas que sempre tiveram outras pessoas para decidir por si, geralmente quando tem a consciência de autorresponsabilidade, se chocam… porque é muito mais difícil decidir sozinho do que ter alguém decidindo por si e assumindo os riscos. E muita, muita gente que não entende a vida que está vivendo hoje, provavelmente não tem liberdade total para tomar decisões… e nem quer. Porque dá trabalho pensar nas consequências e assumir os riscos.

Agora, pessoas que sempre foram estimuladas a tomar decisões, assumem.

E depois disso, baseado nas suas decisões, você cria seu futuro e tudo se conecta de decisão para decisão… e vai desdobrando criando o SEU futuro próximo, real…

Se quer uma vida feliz, com amor, com felicidade, força, coragem… seja isso a partir de agora.

Seja, para você e para o mundo.

Quanto mais genuíno for, mais conectará com as pessoas.

Quanto mais se conectar com as pessoas, mais terá a chance de mostrar o quanto é amor, felicidade, otimismo, coragem…

Quanto mais puder mostrar isso genuinamente e conectado, transformando as pessoas em coragem, amor, felicidade, mais você se tornará isso é viverá com toda essa base para realizar e ser o que quiser.

Agradeça todas as vezes que sentir que está feliz e em paz, disposta a ajudar e levar esses sentimentos para as pessoas.

O processo de entender sobre nossas decisões e o poder que temos nas mãos, para criar nosso futuro a partir delas, é longo e não parece tão convidativo, mas vale cada risco, cada medo, cada insegurança…

Depois de conquistar a voz, volte para buscar a sua criança. Ela foi deixada pelos padrões da sociedade e por crenças de nossos pais… ela não vem no caminho, principalmente com tantos traumas.

Volte e diga a ela: está tudo bem. Olha você aqui hoje… tudo valeu a pena.

Vamos comigo? Preciso de você, do seu olhar, do seu encantamento e do seu entusiasmo… agora somos eu e você!

Tudo volta na intenção. Intenção boa no coração, paz, pureza e alinhamento do caráter. Em todas as áreas, SEMPRE a verdade.

Sucesso não está relacionado a dinheiro, e sim ao quanto em paz e feliz você se sente com as decisões que toma. Porque a partir das suas decisões, você cria/criou a realidade em que está vivendo. Ter essa noção tão clara, traz tantos momentos de certeza que a vida é maravilhosa, vale a pena cada segundo, nada é impossível, eu amo viver! Eu resgatei a minha criança e transformei ela na magia do universo Natalia Beauty…. Ela está comigo! Me guiando todos os momentos!

E a partir desse estado, ou, com esse estado, a partir do momento que inicia a consciência, você impacta milhares de pessoas que tiverem qualquer contato com você.